Info Exponor
808 30 14 00
Chamada local
 
 
Foram mais de 35 mil os que rumaram no último fim-de-semana à Exponor 28.01.2016
Expozoo, Exposição Canina Internacional do Norte e Campeonato do Mundo de Ornitologia batem record de visitantes.
Foram 35.412 mil os visitantes que no último fim-de-semana (23 e 24 de janeiro) passaram pela Exponor para visitar a Expozoo - 10ª Exposição do Mundo Animal, a Exposição Canina Internacional do Norte e o Campeonato do Mundo de Ornitologia.

Para além do elevado número de visitantes, o mais alto registado em dez anos de Expozoo, estiveram também na Exponor 60 expositores (indústria de pet food e pet care), 600 animais exóticos, 436 animais de companhia, 457 criadores de cães nacionais e 572 internacionais - dos quais 451 espanhóis - e 5000 cães.

A 10ª edição da Expozoo veio confirmar que cada vez mais a indústria de pet food (alimentos para animais de estimação) e de pet care (produtos e serviços de estética higiene e limpeza para animais) ilustra a forma como os “donos” pensam nos seus animais de estimação (considerando-os como um membro da família) e que este é um setor que continua a crescer, registando, de ano para ano, um aumento em volume e em valor.

Para a Exponor, organizadora da Expozoo e anfitriã dos dois eventos internacionais, esta edição foi um sucesso, nomeadamente em número de visitantes, confirmando-a como o maior evento nacional dedicado aos animais.

Para Olga Monteiro, diretora da Expozoo, “o crescimento deste setor em Portugal deve-se a fatores como o envelhecimento da população, o elevado aumento do número de famílias pequenas e à elevada concentração de pessoas nas cidades, que acabam por contribuir para o aumento dos animais de estimação nos lares dos portugueses e consequentemente, para afirmar o negócio do pet a nível nacional”.

Um fim-de-semana em cheio no espaço da Exponor, que para além da Expozoo, ainda recebeu dois eventos internacionais: a Exposição Canina Internacional do Norte, organizada pelo Clube Português de Canicultura, e o Campeonato do Mundo de Ornitologia, da responsabilidade da Federação Ornitológica Nacional Portuguesa (22 mil aves, de várias espécies).

Para além da exposição, a Expozoo também desenvolveu um vasto leque de atividades paralelas, de caráter lúdico e didático, algumas especialmente dedicadas aos mais novos, mas que animaram e captaram o interesse de largas centenas de famílias.

No Espaço Dartacão os visitantes assistiram a demonstrações de obediência, de busca e salvamento com cães, no Espaço AquaZoo, um aquário gigante de recife, puderam apreciar várias espécies de peixes, rochas Fiji e corais.

Do lado das exposições, quem foi à Exponor pode ainda visitar uma Exposição de Aquariofilia (peixes de diversas espécies), uma Exposição de Animais Exóticos (doninhas americanas, tarântulas, escorpiões, cobras, lagartos e aves exóticas), uma Exposição de Coelhos Anões e de Aves e assistir ao 5º Concurso Nacional de Ouriços Pigmeus Africanos e ao 4º Concurso de Grooming.

O público mais jovem pode ser veterinário por um dia, no Hospital Veterinário Montenegro (onde foi simulado o dia-a-dia num hospital veterinário); assistir a uma Festa de Aniversário para Cães (com 6 “cãovidados”); visitar a Quinta Pedagógica (com cavalos, cabras anãs, mini pigs, galinhas e patos fantasia e coelhos gigantes) e o espaço dos Amigos Picudos (para cuidar de ouriços).



Fonte: Jervis Pereira | Exponor
<< voltar

Publicidade